O nosso website utiliza cookies.

O que fazer em Reykjavík

Nos últimos anos, a Islândia tornou-se um destino cada vez mais moderno para viajantes globais. Este país enigmático, com uma população de apenas 334.000 pessoas, oferece muito para os visitantes fazerem. A beleza intocada da Islândia faz com que os visitantes sintam que entraram em outro mundo. E a capital Reykjavik é a base perfeita para explorar o que o país tem para oferecer. De Reykjavik, os passeios mergulham na paisagem da Islândia, formada pelas pressões conflitantes da atividade vulcânica e do gelo do Ártico. Cachoeiras impressionantes, gêiseres dramáticos, geleiras e vulcões aguardam os viajantes para a Islândia. Sem mencionar a vida selvagem que pode ser encontrada, incluindo majestosas baleias migratórias. Há muito para ver e fazer dentro da própria cidade também. Enquanto Reykjavik é pequena demais para oferecer a experiência da cidade grande de Nova York ou Londres, seu tamanho modesto torna muito fácil de percorrer. Atracções como a dramática igreja Hallgrimskirkja que paira sobre a cidade e a Imagine Peace Tower, uma homenagem a John Lennon, dão a Reykjavik um charme peculiar que a torna diferente de qualquer outra cidade do mundo. Como a capital do país, Reykjavik também abriga os museus mais importantes da Islândia. A National Gallery inclui obras de Picasso e Munch, bem como artistas islandeses. O Museu da Cidade de Reykjavik oferece uma reconstrução da maneira como a cidade costumava ser. E o Northern Lights Center lhe dará uma compreensão mais profunda desse fenômeno assombroso que você pode testemunhar por si mesmo fora da cidade. Em suma, Reykjavik é uma cidade única que definitivamente vale a pena ver por si mesmo.