O nosso website utiliza cookies.

O que fazer em Lisboa

Tal como Alfama e a Baixa, toda a cidade de Lisboa está cheia de charme nostálgico. A capital de Portugal é rica em história, arte clássica e belos exemplos de arquitetura em estilo manuelino e barroco. Ouça o Fado enquanto saboreia pratos saborosos feitos de marisco e maravilhe-se com os incríveis "azulejos", decorações de cerâmica arquitectónica de origem árabe. A cidade das sete colinas tem vista para o rio Tejo e depois para o Oceano Atlântico. Empoleirado na colina mais alta da cidade, o Castelo de São Jorge foi construído no século V e convertido em residência real pelos mouros. Os turistas também devem visitar a Catedral da Sé Patriarcal e o impressionante Mosteiro de São Vicente de Fora. Não perca os incríveis pontos de vista (miradouros) da cidade, particularmente o de Santa Luzia. Belém, uma antiga vila de pescadores, é hoje um distrito turístico, fora da cidade. Você apreciará a Torre de Belém e os deliciosos pastéis de Belém. O Bairro Alto, em vez disso, é o local onde a vida noturna começa, na qual você pode escolher entre milhares de bares e restaurantes.

Alfama

Alfama é o bairro mais antigo de Lisboa. Está entre o Panteão de Portugal e a Baixa Chiado. Este famoso bairro acolhe muitos marcos de Lisboa como a catedral e o castelo de São Jorge. É principalmente conhecido pelos seus bares de fado e restaurantes típicos. O melhor momento do ano para visitar Alfama é durante as Festas de Lisboa, onde todos estão na rua com o seu churrasco para cozinhar as Sardinhas Assadas.

Sintra

Sintra é uma das cidades mais bonitas do mundo. Apenas a 40 minutos de Lisboa, esta cidade, cheia de palácios e castelos, é uma jóia da arquitectura. O Palácio da Pena, um belo edifício renascentista do século XIX, deu a Sintra o reconhecimento de ser um Património Mundial da UNESCO. Naquela altura, Sintra era a residência de verão dos reis de Portugal, saindo de Lisboa devido à sua temperatura quente.

Belém

Belém é um bairro no limite do centro da cidade de Lisboa. Este distrito é conhecido principalmente pelo Palácio Nacional, a Torre de Belém e o Mosteiro de Jeronymos, alguns marcos famosos de Lisboa. Localizada à beira do Tejo, Belém e a sua torre foram um ponto estratégico para a defesa da cidade de Lisboa.

Rio Tejo

O Fado é um género musical que remonta aos anos de 1820 em Lisboa. Este tipo particular de música também inspirou uma dança do mesmo nome. Em Lisboa, é habitual ver alguns bares de fado. Em 2011, foi adicionado à Lista do Patrimônio Cultural Imaterial da UNESCO. É um dos dois géneros musicais portugueses nesta lista. Os principais instrumentos são a guitarra portuguesa e o baixo e os cantores são homens e mulheres.

Parque Nacional da Arrábida

O Parque Natural da Arrábida, localizado entre Sesimbra e Setúbal, a 50 km de Lisboa, é uma área protegida a partir do 1976. A vegetação mediterrânica cobre esta área, que se estende entre praias arenosas e picos de alta montanha. A fauna e a flora da região também são muito ricas, com 213 espécies de animais e várias plantas diferentes do Atlântico às origens mediterrânicas. O parque também é conhecido por estar no filme de James Bond, no serviço secreto de Sua Majestade.

Oceanário de Lisboa

O Oceanário de Lisboa é um oceanário na capital de Portugal. Está instalado no Parque das Nações, que foi o recinto de exposição da Exposição de 1998. É o maior aquário interior da Europa, com 450 espécies e mais de 16.000 animais e está aberto todo o ano. Peter Chermayeff conduziu o design conceitual, a arquitetura e o design da exposição do aquário. O Oceanário é a atração perfeita para famílias com crianças.

Cascais

Cascais é uma cidade costeira perto de Lisboa. Conhecido pela sua praia de areia e marina movimentada, é o local perfeito para praticar banhos de sol e desportos aquáticos. De Cascais, você também pode ir ao Cabo Da Roca, que é, na Europa, o ponto mais próximo da América. Além da famosa praia e do Cabo da Roca, há também muitos pontos de interesse que são muito agradáveis ​​de ver, entre os quais o Boca Do Inferno.

Mosteiro dos Jerónimos

Construído em 1495 até o final do século XVI, no distrito de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos é um antigo mosteiro da Ordem de São Jerônimo. Este edifício de estilo renascentista une uma igreja e um mosteiro. É um dos exemplos proeminentes do estilo de arquitetura manuelino gótico tardio português em Lisboa. Este edifício foi classificado em 1983 como Património Mundial da UNESCO, tal como a sua vizinha Torre de Belém.

Ilhas Berlengas

O arquipélago das Berlengas é um conjunto de ilhas, a 10 a 15 quilómetros da costa portuguesa, a oeste da cidade de Peniche. Estas ilhas eram tradicionalmente conhecidas pelos navegadores britânicos como "os Burlings". A única ilha habitável é a maior ilha, Berlenga Grande, embora não exista habitações contínuas neste momento. As outras ilhas são fundidas em dois grupos de ilhotas: as ilhotas de Estelas e as ilhotas de Farilhões-Forcados. As Berlengas podem ser alcançadas com passeios que partem diariamente de Lisboa.

Palácio da Regaleira

A ### Quinta da Regaleira em Sintra é uma residência impressionante construída em cinco andares com uma fachada gótica, mas a parte mais atraente deste lugar são os seus jardins encantadores. A residência em si é bastante esparsa e é provável que você passe muito mais tempo naqueles jardins do que no próprio edifício. Eles foram especialmente projetados e incorporam túneis ocultos. A casa do século XX é apenas uma curta subida a pé do centro de Sintra, por isso não há necessidade de contratar um táxi, a menos que tenha problemas de mobilidade. Está aberto todo o ano e visitas guiadas estão disponíveis.